Posts Tagged With 'lixo'

The Hate Parade – Part 3

Por Cairo Braga 06 Mar 2012 Comments

Sei que vou ficar com figura de chato por começar minhas postagens aqui no Tablete com essa Hate Parade, mas tenho certeza que vocês verão que sou um amorzinho na realidade ao longo do tempo. ^^

Confiram as listas de ódio dos parceiros de blog Fabricio e Rodrigo e bora descer a lenha nas minhas 5 bandas favoritas só que ao contrário.

5. PUSSYCAT DOLLS

Sim, tem músicas delas que eu gosto. Mas isso não elimina o fato de que elas são (ou foram) odiosas e mais fake que a Britney Spears, a Ke$ha e a Katy Perry juntas. Conseguiram emplacar uns hits aqui e ali mas não sobreviveram ao fato de que eram ruins demais até pro público médio estadunidense e floparam com louvor. Como se não fosse o suficiente, vão ser ressucitadas com uma nova formação que inclui uma das ex-integrantes do Girlicious, o girl group “afilhado” das PCD.

4. TOKIO HOTEL

A banda que mantém a proporção de maquiagem e spray de cabelo equiparada com a de música ruim. Ou seja, em grandes quantidades. Bons tempos em que bandas andróginas cheias de glitter faziam música de qualidade e não somente barulho com um cara chorando por cima em videoclipes de uma breguice que só o Prince consegue sustentar com dignidade. E se tem uma coisa que o Tokio Hotel não vai ter nem daqui a 3000 encarnações é a dignidade do Prince.

3. NICKELBACK

Eles são aquela banda de rock romântico com guitarras pesadinhas e vocalista de voz rouquinha que tocou à exaustão na década passada. No meio de tanta banda igual a eles, não entendo porque exatamente eles se destacaram e fizeram tanto sucesso. Ah, e todas as músicas eram iguais.

2. JOTA QUEST

A única coisa pior do que banda ruim é banda que era boa pra caramba e tava construindo uma história massa que numa guinada virou banda ruim pra poder vender mais discos. Pra mim, esse é o caso do Jota Quest. Os primeiros 3 discos da banda são bons e mostram influências black muito bem inseridas no pop rock que a banda se propunha. Mas algo aconteceu e o Jota Quest virou mais uma bandinha qualquer que faz hit pra tocar na Jovem Pan. Ficaram chatos pra vida e até hoje não se recuperaram. Uma pena.

1. BLACK EYED PEAS

Os reis da farofa eletrônica ao lado de David Guetta, os BEP também entram na mesma categoria do Jota Quest: bandas que eram boas e que em nome da grana resolveram vulgarizar o próprio som. Eu adorava os BEP na época de “Where’s The Love”, “Shut Up”, “Don’t Phunk With My Heart”, “Let’s Get Started”, “My Humps”. Era pop-hip-hop-R-n-B acima do nível da maioria das coisas que tocavam no rádio. Até mesmo o álbum da Fergie ficou bom e tem faixas ótimas. Mas o synthpop e a dance music dos anos 90 invadiu o hip-hop e os BEP foram atrás com o intuito de tomar a frente dessa onda. Conseguiram, infelizmente. E eles estão em primeiro nessa lista porque desde 2009 é praticamente impossível escapar da farofada deles em qualquer balada do mundo.

The Hate Parade

Por Fabricio Renovato 24 Feb 2012 Comments

Inspirado pela lista das 20 piores bandas de todos os tempos que anda causando comoção nas redes sociopatas, resolvi fazer aqui a minha listinha – mas com 5 apenas, por que senão ia ter que criar um tumblr só pra isso (tipo 501 bandas que eu odeio). Mas vamos aos felizardos alvos da minha rejeição:

5. Engenheiros do Hawaii

Herdeiros do Pampa pobre.

Falar mal deles é como chamar o Maluf de ladrão. Mas versos como “Teus olhos são labirintos, Ana/que atraem os meus instintos mais sacanas” é de fazer corar participante bêbado de encontro estudantil. Sabendo que dessa lira saem outras coisas ainda mais assustadoras já garante seu lugarzinho nessa parada de infortunios.

4. Banda Uó

É tanta vontade de dar pinta que não dá vontade nem de escrever. Mas eles merecem a xoxação: tipico produto pra exportação, seguindo direitinho o molde Cansei de Ser Sexy: bando de gente ~hypadinha~ que se junta pra fazer um som e dar close na buatchy, cantando coisas bregas pra ser muderno, aparecer bastante na noite de São Paulo, trampolim certo pra aparecer na midia e doidos pra fazer carreira lá fora. A diferença: o CSS era truque sim, mas depois virou coisa seria e fez musicas realmente legais. Esse aí, nem o beneficio da novidade tem.

3. Beirut

Como assim? Por que? Muitos amigos meus vão achar que isso é um sacrilegio – e inclusive vão dizer que eu tinha que gostar da banda do Zach Condom por que eu sou fã de Los Hermanos. E dai? Beirut é CHATO. Chato pra caralho. E essa vibe de banda de DA que não usa xampu não cola comigo. Zac Camisinha, senta lá.

2. Pussycat Dolls

Eu nem ia colocar as xaninhas aqui por que nem banda isso é. Mas, enfim: cinco gostosas cantando e dançando de forma lasciva é mais velho que andar pra frente. O problema é que nem isso sustentou a coisa. E quando a unica integrante da ~banda~ não consegue sair em carreira solo, é por que o negócio realmente não dá. Nem com reality show pra escolher integrante, no melhor estilo É o Tchan, a vaca saiu do brejo.

1. Black Eyed Peas

Eu tenho estilo, eu acho!

A quintessência da canalhice musical, da falta de bom gosto e de senso. E que, claro, caiu nas graças do publico daqui. É uma versão em escala internacional do que existe de mais canastrão e caça-niqueis na musica, fazendo Frankensteins genericos pra galera Malhação se sentir na moda. Nada é mais risivel e ao mesmo tempo doloroso de ouvir.

Aguardo agora as listinhas dos colegas de blog. :)

RSS

SOCIAL

DISCLAIMER

© 2012-2014 Tablete Hipster. Todos os direitos reservados.

Os textos aqui publicados são propriedade intelectual de Rodrigo Cruz e não devem ser reproduzidos sem prévia solicitação. Caso você ou sua empresa queira reinvidicar a propriedade de algum texto ou imagem, por favor, entre em contato.

contato@tabletehipster.in